Discussão: participação do Japão na guerra

Ir em baixo

Discussão: participação do Japão na guerra

Mensagem por |GFW|.VINGANÇA JUDAICA em Dom Maio 31, 2009 7:01 pm

Kamaradens, eu gostaria que alguém com mais conhecimentos à respeito do assunto pudesse me tirar uma singela dúvida à respeito do Império Nipônico e sua direção na guerra.
Tendo em vista os inimigos próximos do Japão e seus objetivos a priori que eram inicialmente vencer a insurgência na China ocupada, assim como a obtenção de recursos vitais para o Império crescer que estavam ali bem perto, como os campos de minério e petróleo na URSS já debilitada pela Operação Barbarossa, a Indochina e colônias britânicas e francesas, o que fez necessariamente os japoneses se voltarem contra os americanos???

Com tantas alternativas de obtenção de recursos de guerra, com tantas rotas de escape para crescer, o que fez o Império Nipônico declarar sua destruição implicitamente ao atacar a grande potência industrial dos EUA???
Se alguém conhece bem sobre o Japão aí, tire minha duvida pq sempre fico a imaginar o porquê de uma ação, desculpem-me o julgamento, tão burra como essa.
avatar
|GFW|.VINGANÇA JUDAICA
Moderadores
Moderadores

Número de Mensagens : 100
Data de inscrição : 04/04/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Discussão: participação do Japão na guerra

Mensagem por |GFW|.Wurger em Dom Maio 31, 2009 8:32 pm

Bom...isso aqui vai dar polêmica. Nação burra o Japão ?? Não meu caro, nada disso. Acho que o senhor tem visto muito filme americano.

Após a Restauração Meiji, o Japão Imperial embarcou rapidamente num período de expansão econômica, política e militar num esforço em alcançar as potências europeias e norte-americanas. A sua estratégia de expansão incluía a extensão territorial e o controle econômico para aumentar o seu acesso a recursos naturais. O Japão dependia dos recursos vindo do Leste e Sul asiático. Uma área rica em recursos minerais como ferro, petróleo, algodão e entre outras coisas.
Ao executar esta estratégia, o Japão iniciou um número de aventuras militares que iniciaram conflitos com vários países vizinhos. Estes incluíam a China em 1894, no qual o Japão tomou controle de Taiwan, e a guerra com a Rússia em 1904, ganhando o Japão território na China e na península coreana. Um detalhe que o Japão deu uma surra na Rússia, apos a famosa batalha de Tsushima. O Japão tinha derrotado de vez a Rússia, capturando vários navios da mesma. Após a Primeira Guerra Mundial, a Liga das Nações deu ao Japão a custódia das colônias da Alemanha Imperial no Leste e nas águas do Pacífico. Em 1931, o Japão impôs um estado controlado por si na Manchúria conhecido como Manchukuo. Claro, podem ter sido fdps e autoritários, cometidos barbaridades, assim como a Alemanha na Tchecoeslováquia e Polônia ; a Inglaterra e a França, nas colônias do norte da África, e entre outros países.

A Liga das Nações, os Estados Unidos, o Reino Unido, a Austrália e os Países Baixos, todos com interesses territoriais no Sudoeste da Ásia, desaprovaram os ataques japoneses contra a China e responderam com condenação e pressão diplomática. O Japão protestou e retirou-se da Liga das Nações em protesto. Em Julho de 1939, os EUA aumentaram a pressão ao terminarem o tratado comercial estado-unidense com o Japão, que tanto mostrou oficialmente a posição dos EUA como removeu quaisquer barreiras legais contra embargos. O Japão continuou com a sua campanha militar na China e assinou o tratado Anti-Comintern com a Alemanha Nazi, formalmente acabando com as hostilidades do fim da Primeira Guerra Mundial, e declarando interesses comuns entre os dois países. Em 1940, o Japão assinou o Pacto Tripartite com a Alemanha Nazi e a Itália fascista para formar os poderes do Eixo. Os 3 países faziam troca de tecnologia, informações e haviam uma extensa relação diplomática entre eles.

As ações japonesas fizeram assim que os EUA criassem embargos contra as importações japonesas de metal e gasolina e fechassem o Canal do Panamá a embarcações japonesas. A situação continuou a agravar-se, e em 1941 o Japão avançou para o norte da Indochina (atual Vietnã, Laos e Camboja). O governo estado-unidense respondeu congelando todos os bens japoneses nos EUA e iniciou um embargo completo às importações japonesas de petróleo. O petróleo era provavelmente o recurso mais crucial do Japão, devido aos seus próprios recursos petrolíferos serem bastante limitados e 80% das importações japonesas de petróleo provirem dos EUA. Certamente a Marinha Imperial Japonesa dependia inteiramente de petróleo importado. Isso nos dá uma ideia bem clara de como o Japão estava com dificuldades, né Rafa?

As negociações diplomáticas intensificaram-se quando os Estados Unidos enviaram uma nota ao Japão, no qual o primeiro-ministro Hideki Tojo descreveu ao seu gabinete como um ultimato. Opaaaa.... agora que a coisa começa a feder...

O Japão sentiu que teria de escolher entre aceitar os termos dos EUA e do Reino Unido — retirando assim da China e dos territórios à volta dela — e continuar o seu expansionismo. Preocupado em perder status e prestígio na comunidade internacional se o Japão recuasse e percebendo a ameaça dos poderes ocidentais, que controlavam território no Pacífico e na Ásia Oriental, para a sua segurança nacional, o governo imperial japonês, que tinha já opções militares preparadas, decidiu executá-las, entrando assim em guerra com os EUA, o Reino Unido e a Holanda.Tendo já assinado o Pacto do Eixo com a Alemanha Nazi, a Itália fascista e outros países, o Japão teria de lutar contra os poderes Aliados ao lado dos seus aliados. Então, o Japão estava dando uma surra neles... os ingleses apanharam na mão dos japoneses.

Então, o Japão atacou os EUA, e estavam indo muito bem...após a batalha de Midway, os 2 lados ficaram no mesmo nível. O Japão tinha condições de dominar as ilhas com a sua vasta marinha. O Japão tinha vários porta-aviões em serviço: Kaga, Akagi, Hiryu, Soryu, Shokaku, Zuikaku, Shoho, Hosho, Ryujo, Zuiho, sem falar nos couraçados Yamato, Musashi, Kirishima, Kongo, Haruna, Hiei, Fuso, Yamashiro, Ise, Hyuga, Mutsu, Nagato, e uma enorme variedade de cruzadores pesados, como a classe Kumano, Aoba, Furutaka, Haguro, Chokai, Chikuma, e uma extensa linha de destroyers e cruzadores leves...

Os EUA , além daqueles navios em Pearl Harbour, tinha mais alguns navios no continente e somente os porta-aviões Enterprise, Lexington, Saratoga, Yorktown, Intrepid, Wasp, Hornet e Essex. A marinha americana era limitada. Os americanos ficaram com a marinha estagnada por 6 meses. Somente os porta-aviões, navios leves e algumas ilhas no pacífico davam esperança aos americanos.

A guerra só virou de lado de vez em 1943. Até lá, os dois viviam a tapas. A produção bélica americana cresceu mais de 400%. E a conquista das Filipinas?? Batalha do Mar de Java ?? Invasão das ilhas Wake ?? Ataque as ilhas Aleutas ?? Preciso continuar mencionando mais ??
Tudo vitória do Japão. A incompetência política e dos estrategistas fizeram o Japão pagar um preço alto. O Japão também tinha tecnologias avançadas, como submarino porta-aviões, couraçados fortemente blindados (Yamato, Musashi), conversão e tecnologia naval (vide tranformação do Chiyoda e Chitose), entre outras coisas. O exército japones sim, era uma merda. Passavam fome, tinham armas obsoletas e tanques ineficazes, vide Chi-ha.

Então é isso...o Japão tinha todas as condições do mundo. Visto que ao conquistarem as ilhas no pacífico, a aeronautica e o exercito americano iam ficar no continente, apenas a frota naval ia enfrentar os japoneses, e sua marinha seria totalmente inferior. Não dariam conta do recado. Resultado ? Os japoneses tem o dominio do pacifico.

Mas, infelizmente, assim como aconteceu com a Alemanha , a incompetencia dos superiores fez com que a guerra tomasse outro rumo.

_________________
avatar
|GFW|.Wurger
Administrador GFW Clan
Administrador GFW Clan

Número de Mensagens : 406
Data de inscrição : 04/11/2008
Idade : 27
Localização : Bavaria

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Discussão: participação do Japão na guerra

Mensagem por |GFW|.VINGANÇA JUDAICA em Dom Maio 31, 2009 9:38 pm

Discordo do senhor por um ponto simples: não respondeu diretamente à minha questão.
Isso fora a questão dos ditos interesses ''territoriais'' dos EUA na Ásia ( até onde eu saiba não haviam colônias americanas naquele continente ), o que mais fortalece o argumento dos americanos no embargo de petróleo é que a invasão da Manchúria foi condenada não por um país ou dois. Mas por uma comunidade internacional representada cada nação com um sistema de votos igualitário, condenando quase que por unanimidade a violação territorial japonesa. Como se não bastasse as atrocidades que foram até semelhantes àquelas cometidas na Europa, os japoneses passaram a controlar o comércio chinês com o resto do mundo, a exportação e importação de produtos que atingiria profundamente os países do mundo inteiro. Mas o argumento mais forte refere-se à violação gratuita dos princípios basilares da Liga das Nações, como a auto-determinação dos povos, livre comércio nos mares e etc.

A questão fundamental é: se o petróleo era um produto fundamental para o Japão ( como ainda é para o mundo inteiro ), porque ele não buscou um caminho mais curto para alcançá-lo??? Porque atravessar um oceano inteiro para buscá-lo nos EUA ( que duvido que passa-se na mente talvez sã dos japoneses invadir a outra potência )?? Por acaso havia petróleo no Pacífico, em Midway ou Pearl Harbor??? E se a URSS, como o senhor mesmo disse, se mostrava um adversário mais próximo e fácil de ser derrotado, com recursos naturais pra dar e vender, tivesse sido atacada pelo Japão em conjunto com a Alemanha??? Teria sido uma ação mais sensata por parte dos estrategistas japoneses??? Ou tomar simplesmente as colônias francesas e inglesas sem pertubar os EUA a ponto de colocar mais um inimigo na balança favorável dos Aliados.

De qualquer maneira, na minha opinião, a ala militar japonesa seguiu uma política mais de vingança contra os EUA do que de estratégia ( realpolitik). Atacar os EUA e iniciar uma guerra no mar, mesmo que vencendo, não iria trazer grandes jazidas petróleo para os japoneses, e mesmo assim era uma aposta arriscadíssima, muito mais do que atacar a URSS debilitada ou se aventurar mais adentro do território chinês. Por isso que eu fico praticamente inquieto em tentar entender a mentalidade dos militares japoneses, mais guiados pela honra oriental do que a racionalidade. Ainda me lembro do brilhante general Yamamoto após o conhecimento de que o ataque de Pearl Harbor havia sido um sucesso:'' Tudo que fizemos foi apenas despertar um gigante adormecido.''

Jimmy, o senhor que é um especialista sobre o Império Nipônico, me diga de quem partiu a idéia de atacar os EUA. Partiu de um homem só, nesse caso o imperador, ou foi uma ala militar com apoio da população que clamou pela guerra contra os EUA?
avatar
|GFW|.VINGANÇA JUDAICA
Moderadores
Moderadores

Número de Mensagens : 100
Data de inscrição : 04/04/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Discussão: participação do Japão na guerra

Mensagem por |GFW|.Wurger em Dom Maio 31, 2009 10:51 pm

O ataque a Pearl Harbour foi uma cópia em escala maior da operação ''The Judgement'', levada a cabo pela Inglaterra, na qual torpedeiros Fairey Swordfish decolaram do porta-aviões HMS Ilustrious, e atacaram a esquadra italiana ancorada em Taranto, causando sérissimos prejuízos a esquadra naval do Dulce. Entre os navios atingidos, destaca-se os couraçados Conte di Cavour, Andre Doria, Littorio, entre outros navios. Os japoneses gostaram do ataque e planejaram um golpe assim, que pudesse destruir ou causar sérios prejuízos a frota naval americana. Então reuniram 6 porta-aviões, o Kaga, Akagi, Hiryu, Soryu, Shokaku e Zuikaku, junto com uma escolta de couraçados e navios de reabastecimento. O ataque a Pearl Harbour foi um sucesso ?? Digamos que sim, mas eles cometeram erros fatais: não atacaram os reservatórios de óleo e combustível. Sem falar que não destruiram nenhum dos nove submarinos que estavam fora dos bunkers. As oficinas de reparo não foram atingidas, permitindo que a recuperação de diversos navios danificados iniciasse imediatamente. O parque de tanques de combustível tampouco sofreu danos relevantes. Se fosse destruído, tornaria a base inoperante por um longo período.

Alguns oficiais e líderes de vôo tentaram convencer Nagumo a atacar com uma terceira vaga para destruir os depósitos de combustível, fábricas e docas secas em Pearl Harbor. A destruição destas instalações aumentaria as dificuldades da marinha dos EUA, pois as instalações utilizáveis mais próximas encontravam-se a milhares de quilómetros do Havai, na costa dos Estados Unidos. Vários historiadores sugerem que a perda destas instalações seria mais pesada que a perda de todos navios de guerra durante as duas primeiras vagas.

Então, Rafael, se eles tivessem destruido os reservatórios de combustível, locais de reparos e docas secas, teriam obrigado a frota a recuar para o continente.

Yamamoto começou a considerar tal ataque no início de 1941 como uma batalha pré-guerra, tendo sido chegado à conclusão que uma guerra com os EUA seria inevitável após a entrega do ultimato estado-unidense ao governo japonês.
Ou seja...os americanos estavam muito incomodados com os japoneses e vice versa. É que nem os países árabes...vivem sob tensão e sempre estoura conflitos entre eles. Ou era os EUA ou o Japão. Nesse caso, o Japão atacou primeiro.

Várias pessoas apoiaram o ataque aos EUA. Os militares estavam convencidos de que era preciso atacar os EUA, pois a tensão entre eles era muito grande. Dentre os militares, destaco Yamamoto e Minoru Genda. O Japão tinha como derrubar os EUA. E essa história de URSS, o Japão já havia enfrentado a URSS antes... sem mencionar que eles estavam ocupados com a segunda Guerra Sino Japonesa. Eles não cometeram o mesmo erro que os Alemães: abrir vários fronts, que no caso da Alemanha, foi a URSS, o Atlântico, o Mediterrâneo, Inglaterra...etc...
Os japoneses tinham apenas os EUA como principal inimigo e além disso, tinham a guerra sino japonesa. Quer dizer...eles não ficavam atacando todos ao mesmo tempo simultaneamente... Wink

A guerra Sino Japonesa começou em 1931, mas só passou a ser de larga escala a partir de 1937. O Japão estava ocupado atacando os países asiáticos e a China...e com os EUA para enfrentarem, não podiam simplesmente atacar a URSS de novo. Ia ser a mesma coisa que a Alemanha. E o Japão sem dúvida teria durado menos.
Ah, mas você fala: por que o Japão não atacou a URSS ao invés de atacarem os EUA? Por que quando houve a operação Barbarrosa, a URSS estava debilitada e enfraquecida...e o Japão já estava se preparando para guerrear com os EUA...não dá para simplesmente chegar e falar: Tá, vamos te ajudar.

Pois, a mesma coisa rolou com a Alemanha e a Itália. A Itália recebeu ajuda da Alemanha no mediterrâneo, isso pq ele não deram conta da Grécia, Creta (LOL)...aí os Alemães ajudaram ele...e fodeu...acabou atrasando muito a operação Barbarossa... e causou alguns ''probleminhas'' pros alemães...como perda de tempo, desvio de recursos e reforço...e etc...
Seria a mesma história se o Japão tivesse atacado a URSS....

''Mas o argumento mais forte refere-se à violação gratuita dos princípios basilares da Liga das Nações, como a auto-determinação dos povos, livre comércio nos mares e etc.''

Nossa, violação ?? Meu amigo...Os ingleses, franceses, americanos e entre outros países tinham grande interesses em territórios asiáticos...principalmente os ingleses e franceses. Um exemplo bem clássico é a guerra do ópio. Então, condenaram a atitude do Japão por que ele ''violou os princípios basilares da Liga das Nações'' ??? Ou será que eles também queriam as mesmas terras que o Japão ?? Hmmmm... É só pensar um pouco.
Podemos tomar como exemplo também, as colônias inglesas e francesas do norte da África. Por que será que eles defenderam com garra e determinação essas terras, para evitar que caíssem nas mãos dos alemães?? A diferença é que eles estavam em guerra.

Em Maio de 1942, o Japão já conquistado vastos territórios, controlando Hong Kong, a Malásia, Singapura, a Indonésia, as Filipinas, a Birmânia e outras ilhas no Pacífico. Ahh...mas não tem petróleo em Pearl Harbour, ilhas Wake, nem em Midway...
Você acha que a guerra é só petróleo ?? -.-
Eram pontos estratégicos importantíssimos, servindo de bases aéreas e navais, assim sendo, o Japão iria se expandir em direção aos EUA. Uma vez controlando as ilhas do pacífico, e destruindo as reservas de combústivel e locais de reparos em Pearl Harbour, o Japão teria total controle sobre o Oceano Pacífico.
Vocês sabem pra que os americanos atacaram Iwo Jima ? Para usar como base para os bombardeiros B29. Centenas de soldados americanos morreram, para que eles simplesmente instalassem pistas pros aviões. Os 2 B29 que jogaram as bombas atômicas (o Enola Gay e o Bockscar), bombardeando Hiroshima e Nagazaki. Os 2 decolaram da base aérea em Tinian, nas ilhas Marianas, na qual os EUA capturaram após violentas batalhas. Ou seja, conquistaram esses locais para usar como pontos estratégicos. Isso seria a mesma coisa que Midway e Pearl Harbour pro Japão. Seriam locais estratégicos...e ainda dizem que o Japão devia que só buscar petróleo (lol), como se uma ''ilhazinha'' no Pacífico fosse insignificante...

Bom, estarei pesquisando mais para poder complementar esse tópico.


Última edição por |GFW|.Wurger em Seg Jun 01, 2009 3:52 pm, editado 1 vez(es)

_________________
avatar
|GFW|.Wurger
Administrador GFW Clan
Administrador GFW Clan

Número de Mensagens : 406
Data de inscrição : 04/11/2008
Idade : 27
Localização : Bavaria

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Discussão: participação do Japão na guerra

Mensagem por |GFW|Kaiser|Thunderbolt em Seg Jun 01, 2009 11:42 am

Um filme que explica bem não seria Tora Tora Tora?
avatar
|GFW|Kaiser|Thunderbolt
Germany For War Member Battlefield 1942

Número de Mensagens : 164
Data de inscrição : 27/01/2009
Idade : 28
Localização : Ponta Grossa - PR

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Discussão: participação do Japão na guerra

Mensagem por |GFW|.Wurger em Seg Jun 01, 2009 12:53 pm

|GFW|Kaiser|Thunderbolt escreveu:Um filme que explica bem não seria Tora Tora Tora?

Apenas filme...muito bem feito para a época... e claro, com algumas coisas absurdas, como por exemplo, usar T6 personalizados, transformados, tentando parecer um Zero....
http://cdn-www.airliners.net/aviation-photos/photos/6/2/9/1270926.jpg

_________________
avatar
|GFW|.Wurger
Administrador GFW Clan
Administrador GFW Clan

Número de Mensagens : 406
Data de inscrição : 04/11/2008
Idade : 27
Localização : Bavaria

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Discussão: participação do Japão na guerra

Mensagem por |GFW|.VINGANÇA JUDAICA em Ter Jun 02, 2009 12:36 am

Mesmo que as ilhas de Midway e Havaí fossem estratégicas, não tem como comparar o desfecho de uma guerra entre a tomada de uma ilha praticamente colada ao Japão como Iwo Jima com Midway. Mesmo que os japoneses tivessem a glória bastarda e improvável de retomar os arquipélagos de Midway e o Havaí, seria um longo, muito longo caminho para bombardear território americano. E ninguém perde soldados, enfia-os num pardieiro dos infernos sem visar recursos de guerra e logística. A indústria bélica americana, acompanhada com indústria de insumos, petrolífera, alimentícia e etc poderia sustentar uma força naval gigantesca com o Japão, como ficou comprovado na guerra, os americanos tinham uma força aérea, nava e principalmente terrestrel quantitativamente muuuito maior que a dos japoneses.

Mas a guerra, como Clausewitz sempre dizia, é um jogo de variáveis imprevisíveis, muito diferente da guerra planejada no papel. Os japoneses não bombardearam os depósitos de combustíveis, um erro terrível, mas numa empreitada tão arriscada como essa estariam vulneráveis à outros futuros erros que sua logística industrial não estava disposta a aguentar. Assim que atacaram os EUA, empurraram a maior potência industrial contra os mesmos, bases de ingleses, australianos, neozelandeses, aborígenes, indianos, mercenários e equipes de elite dos Marines criaram várias brechas sob um domínio fictício do Japão sob um oceano difícil de ser vistoriado.

Seria certamente muito mais inteligente atacar a Rússia, próxima do grosso das tropas na Manchúria, já debilitada e com recursos estratégicos muito mais interessantes para o Império Nipônico. Mesmo que o Japão bombardeasse os hangares, depósitos de combustíveis e blablablá...teriam que invadir as ilhas a pé, e com as mesmas lotadas de um aparato terrestre americano muito superior, acho completamente improvável que fossem capazes de ocupá-las. Tomaram sim as Filipinas, do outro lado do Oceano Pacífico, pendendo para uma proximidade japonesa muito maior, tomaram Wake ocupada por uma guarniçãozinha furreca americana, mas no chão os japoneses eram completamente inferiores ao exército de elite americano.

Mas claro que você me dirá que muita gente acreditava que a guerra entre americanos e japoneses era algo pra acontecer. É exatamente através desse tipo de desconfiança paranóica e pouco realista sobre o adversário, desconhecimento complementado de uma ideologia radical apoiam um tipo de ação que levou à pulverização atômica de Nagasaki e Hiroshima, seguidas de anteriores ataques arrasadores contra Tóquio e outras cidades japonesas. Certamente os EUA e sua população funcionavam sob moldes muito diferentes da ditadura japonesa, um ataque gratuito contra o Japão não seria aprovado no Congresso americano ainda tomado por uma política isolacionista e um povo mais preocupado com a Costa Leste infestada de U-BOATS. O ataque japonês foi seguido de uma péssima previsibilidade quanto aos adversários americanos, sob objetivos que eu ainda não compreendo e sem grandes conquistas no longo prazo. Afinal, mesmo que tomando Midway e o Havaí, os japoneses achariam que de fato conseguiriam quebrar o embargo petrolífero americano através da intimidação??? Duvido...


Última edição por |GFW|.VINGANÇA JUDAICA em Ter Jun 02, 2009 1:06 am, editado 1 vez(es)
avatar
|GFW|.VINGANÇA JUDAICA
Moderadores
Moderadores

Número de Mensagens : 100
Data de inscrição : 04/04/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Discussão: participação do Japão na guerra

Mensagem por |GFW|.VINGANÇA JUDAICA em Ter Jun 02, 2009 12:59 am

E quanto à mistura entre colônias inglesas e francesas com a invasão nipônica, não sei se é historicamente correto relacionar uma coisa com a outra.
O Japão simplesmente invadiu China, península coreana, Indochina, quase entrou na Índia através de uma invasão arrasadora, bombardeando centros urbanos a esmo e sem objetivação militar, fizeram fileiras inumeráveis de execução sumária, cortavam as cabeças de prisioneiros de guerra com katanas ou juntavam-os num poço e ateavam fogo nos infelizes vivos, cometiam estupros em massa e expoliavam do território de maneira quase tão sádica quanto os nazistas.
Só não chegaram a matar tanto quanto os primeiros porque não criaram uma logística de extermínio, fizeram de maneira impulsiva e menos organizada, mas igualmente selvagem. Quem se esqueceu afinal do massacre de Nanquim???
Os colonizadores ingleses e franceses também não eram santinhos, e foi por isso que a ONU surgiu para que anos mais tarde um organismo internacional com base moral condenasse tais acontecimentos, e os mesmos faliram na tentativa de manter a colonização.
Mas mesmo assim não há semelhança entre o modus operandi dos franceses e ingleses com a política de genocídio do Império Nipônico. Só pra abrir uma observação clara: a China era um país soberano, livre e participante da Liga das Nações, com a exceção de Hong Kong ocupada pelos ingleses, o resto de seu território não sofria ocupação estrangeira.
avatar
|GFW|.VINGANÇA JUDAICA
Moderadores
Moderadores

Número de Mensagens : 100
Data de inscrição : 04/04/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Discussão: participação do Japão na guerra

Mensagem por |GFW|.Wurger em Ter Jun 02, 2009 7:33 am

Ai ai ai.... Razz

Você ainda reluta...hahahaha...

Deixe que eu te respondo com mais precisão mais tarde.

_________________
avatar
|GFW|.Wurger
Administrador GFW Clan
Administrador GFW Clan

Número de Mensagens : 406
Data de inscrição : 04/11/2008
Idade : 27
Localização : Bavaria

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Discussão: participação do Japão na guerra

Mensagem por |GFW|.VINGANÇA JUDAICA em Ter Jun 02, 2009 12:19 pm

Claro que eu reluto ué!? Eu não vou deixar você fechar essa discussão hUaueuaueuHAHAuauuauahaha
avatar
|GFW|.VINGANÇA JUDAICA
Moderadores
Moderadores

Número de Mensagens : 100
Data de inscrição : 04/04/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Discussão: participação do Japão na guerra

Mensagem por |GFW|.Wurger em Ter Jun 02, 2009 2:47 pm

xD...

eu vou trancar sim, sua biba circuncidada...ME CHUPA
Very Happy Very Happy Very Happy Very Happy

''E quanto à mistura entre colônias inglesas e francesas com a invasão nipônica, não sei se é historicamente correto relacionar uma coisa com a outra.''

É historicamente correto...porra cara...

Veja bem, Judeu, os Estados Unidos, após a Primeira Guerra Mundial, "isolou-se" dos problemas da Europa antes de estourar a Segunda Guerra. Mesmo depois de iniciar a guerra, a opinião pública americana era contra a intervenção de qualquer um dos lados. Os americanos dizem que foram "forçados" a entrar no conflito após o ataque japonês à Pearl Harbor em 1941. Ou seja, os americanos estavam quietinhos na dele...mas será que eles estavam mesmo ?? E os ultimatos, pressão política que eles faziam contra o Japão ?? É a mesma coisa que o Irã, Palestina, ou algum outro país faça pressão sobre Israel, para ele parar de fazer as coisas deles...respeitar os direitos humanos, fazer acordo de paz... oras...tu acha que Israel vai parar tudo e sorrir: Tudo bem, foi mal amiguinhos ??

É óbvio que não...mesma coisa com o Japão. Opa... o que isso tem a ver com a nossa discussão Jimmy ??

Tem tudo a ver. Israel atacou a Palestina, o Líbano, assim como o Japão atacou a China e outros países. Mas o que muda nisso ? Não existia a ONU. As potências aliadas (Inglaterra, França, EUA) tinham interesses nessas terras...eles ficaram putos, é claro...mas não foi por causa dos chineses...eles estavam pouco se fudendo pros ''China in box''. Estavam incomodados mesmo com outras coisas...nem preciso dizer o que é né ??

A União Soviética assinou um Pacto de Não-Agressão contra os alemães. O chamado Pacto Germano-Soviético ou Pacto Ribbentropp-Molotovv. Assim, os soviéticos acreditavam que os nazistas não iriam se expandir para o Leste e que desta forma, jogaria os nazistas contra as potências ocidentais (de fato, isso ocorreu porém as potências ocidentais foram rapidamente vencidas, com a exceção da Inglaterra)

A França estava traumatizada devido a Primeira Guerra Mundial e ao mesmo tempo confiante na sua Linha Maginot (até então, o maior sistema defensivo depois da Muralha da China). Além disso, os franceses acreditavam que poderiam apaziguar Hitler concedendo a Tchecoeslováquia (na verdade, só cederam o Sudetos mas Hitler tomou todo o país) e também acreditavam que estavam colocando Hitler contra os soviéticos (não conheciam o pacto alemão-soviético porque no começo, era secreto)
A Inglaterra idem a França. Acreditava que suas colônias estavam à salvo e de fato, nada poderia fazer contra a crescente potência alemã.
Também acreditava que poderia apaziguar o Hitler concedendo alguns territórios mas que no final como ficou provado, só alimentou ainda mais o expansionismo alemão.

No final, após iniciar a Segunda Guerra Mundial, inimigos como os capitalistas da direita e os comunistas da esquerda se uniram para derrotar o inimigo em comum: a extrema direita.

E convenhamos, os alemães queriam expandir o território. TODOS OS OUTROS PAISES possuiam suas colônias.

Os Estados Unidos possuia suas "colônias" na America, afinal a América Latina sempre foi seu quintal.

A União Soviética possuia seus satélites (Ucrânia, Bielo-Russia, Georgia, Casaquistão, etc...)

A Inglaterra possuia o maior império ultra-marino da época. Colônias na Africa e na Asia, incluindo China e India, na qual o nossos amiguinhos japoneses atacaram.
A França possuia o segundo maior império colonial também na Africa e na Ásia

Ou seja, no fundo, ninguem tinha moral pra julgar ninguem

''O Japão simplesmente invadiu China, península coreana, Indochina, quase entrou na Índia através de uma invasão arrasadora, bombardeando centros urbanos a esmo e sem objetivação militar, fizeram fileiras inumeráveis de execução sumária, cortavam as cabeças de prisioneiros de guerra com katanas ou juntavam-os num poço e ateavam fogo nos infelizes vivos, cometiam estupros em massa e expoliavam do território de maneira quase tão sádica quanto os nazistas.''

Simplesmente invadiu a China ?? Neutral
Assim como a Alemanha ''simplesmente'' invadiu a Polônia, assim como a Inglaterra ''simplesmente'' invadiu a China na guerra do Ópio, assim como os americanos ''simplesmente'' invadiram o Vietnã, ''simplesmente'' invadiram o Iraque, etc...

'' bombardeando centros urbanos a esmo e sem objetivação militar''... claro... assim como o bombardeiro de Hiroshima e Nagasaki... Wink

Afinal, como se não bastasse a marinha japonesa ter sido arrasada...tendo os últimos navios japoneses encalhados nos portos sem combustível...força aérea em enorme desvantagem numérica, exército passando fome e lutando sem recurso algum... os americanos ''precisaram'' usar as bombas atômicas... como se fosse adiantar em alguma coisa...
AH, mas o Japão não se rendia... é sempre o mesmo papo...o mesmo vomito...

Jogaram as bombas ''little boy'' e ''fat man'' em Hiroshima e Nagasaki, para demonstrar o seu poderio militar...mostrar ao mundo quem é que manda no pedaço... afinal, a URSS fudeu literalmente os nazistas...os americanos ''só deram uma forcinha''...pois quem que empurrou os nazistas...quem aturou os alemães por 3 anos foram os soviéticos. Tanto é que Stalin já pedia há tempos uma abertura de um segundo front. Por que os americanos e ingleses e cia. só invadiram em junho de 1944 ?? Quando os alemães estavam fudidos na mão do exército vermelho ?? Por que eles não invadiram em 1942 ?? Será que é por que os soviéticos iam tomar os territórios que os alemães ocupavam, e estes, incluiam o mediterrâneo, França, países baixos, e etc ?? Opa opa opa... a Europa toda socialista?? What a Face
Então eles se exibiram pros soviéticos...Por que será que aconteceu a guerra fria hein ?? rabbit

cometiam estupros em massa e expoliavam do território de maneira quase tão sádica quanto os nazistas

Juro que vomitei ao ler isso...

Claro, assim como os soviéticos fizeram com as alemãs quando invadiram a Alemanha. E não se esqueça tambem do que os americanos fizeram depois da segunda guerra...invadiram o Vietnã, tambem fizeram essas ''paradas''... e acabaram levando uma surra...e a guerra da Coréia?? E essa parada do Iraque ?? Por que os EUA invadiram o Iraque ?? E o que tu acha que os EUA fazem lá ??

Cometer estupros em massa...mas enfim...o que tem de errado nisso ?? Guerra é guerra...pelo menos eles eram machos...

''Quem se esqueceu afinal do massacre de Nanquim???''

Nanquim após ter sucumbido ao ataque japonês no dia 13 de dezembro de 1937, passou por um período de violência que perdurou por seis semanas, até o início de fevereiro de 1938. Se a gente for discutir o massacre de Nanquim, vamos discutir também os massacres promovidos por Mao Tse-tung...e olha que ironia...era chinês...opa...matou milhões de pessoas, deixam os nazistas no chinelo...tem também os massacres da Ucrânia, promovido por Stalin, e a lista continua...

Veja esse artigo:
http://pt.wikipedia.org/wiki/Revisionismo_do_Massacre_de_Nanquim

O massacre de Nanquim é um assunto muito polêmico... agora, você quer afirmar que os japoneses não podiam porra nenhuma... e menciona o massacre de Nanquim...como se isso justificasse alguma coisa... massacres sempre existiram...desde os primórdios da humanidade, na antiga Mesopotâmia, até os dias de hoje... pirat

Agora, jogar uma bomba nuclear no meio de uma cidade, nem mais, nem menos...aí já começa a mudar o assunto...afinal, milhares de pessoas evaporando em segundos deve ser uma beleza hein ?
Sem falar que muitos oficiais americanos tem alegado que os japoneses já estavam essencialmente derrotados, e portanto o uso das bombas foi desnecessário. O general Dwight D. Eisenhower assim aconselhou o Secretário de Guerra, Henry L. Stimson, em julho de 1945. O oficial de maior patente no Cenário do Pacífico, general Douglas MacArthur, não foi consultado com antecedência, mas afirmou posteriormente que não havia justificativas militares para os bombardeios. A mesma opinião foi expressa pelo Almirante da Frota William D. Leahy (o Chefe de Gabinete do Presidente), general Carl Spaatz (comandante das Forças Aéreas Estratégicas dos E.U.A. no Pacífico), e o brigadeiro general Carter Clarke (o oficial da inteligência militar que preparou cabos japoneses interceptados para os oficiais americanos); Major General Curtis LeMay; e o almirante Ernest King, Chefe das Operações Navais dos E.U.A., e o Almirante da Frota Chester W. Nimitz, Comandante-chefe da Frota do Pacífico.

Então, meu nobre, em guerra nenhuma há santos...há apenas os vencedores e os perdedores. Foda-se os direitos humanos e foda-se a ética. Ou atira ou morre.
Ou você vai oferecer 1 cigarro pro seu inimigo em pleno tiroteiro e apertar a mão dele?


Última edição por |GFW|.Wurger em Ter Jun 02, 2009 5:12 pm, editado 3 vez(es)

_________________
avatar
|GFW|.Wurger
Administrador GFW Clan
Administrador GFW Clan

Número de Mensagens : 406
Data de inscrição : 04/11/2008
Idade : 27
Localização : Bavaria

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Discussão: participação do Japão na guerra

Mensagem por |GFW|.Wurger em Ter Jun 02, 2009 2:56 pm

Caro amigo...o Japão já tinha lutado contra a URSS...e dois anos depois, os alemães invadiram ela, através da operação Barbarossa... se os alemães tivessem pedido ajuda, o Japão poderia ter ajudado, embora eles tivessem receios... só que não foi preciso...pois os alemães estavam indo bem, ocupando extenso território... se a gente for discutir essa parte, nós já vamos tomar outro rumo...já vamos partir para uma outra discussão...


Eis aqui, o que aconteceu...

Lago Khasan e Khalkin-Gol - A última parte do Exército Vermelho a sentir o impacto dos grandes expurgos foi a Sibéria e o Extremo Oriente, onde a distância de Moscou se combinava com uma ameaça externa para limitar os efeitos desorganizadores dos expurgos de Stalin. As incursões japonesas na Mandchuria em 1931 e na China propriamente dita seis anos depois, levaram Moscou e Tóquio a uma guerra não declarada que eclodiu duas vezes no final da década de 1930. O governo soviético reagiu fortemente a essas ameaças em um bem sucedido, mas custoso, esforço de impedir o Japão de declarar uma guerra aberta.

Durante julho e agosto de 1938, as duas potências repetidamente embateram-se sobre a posse de uma estreita ponta de terra no lago Khasan, 110 quilômetros a sudoeste de Vladivostok. Em 11 de agosto, os muito pressionados japoneses pediram um armistício, eventualmente retirando-se depois de sofrer 526 mortos e 900 feridos. A performance soviética foi caracterizada por ataques frontais e uma má coordenação de armas combinadas, resultando em 792 soldados soviéticos mortos ou desaparecidos e 2.752 feridos.

Sem serem desencorajados, os japoneses escolheram uma área remota do rio Khalkhin-Gol, entre a Mongólia Exterior e o estado-satélite japonês de Mandchuko, ou Mandchuria, para novamente testar a força de vontade soviética. Em maio de 1939, os japoneses ocuparam a área ao redor da vila de Nomonhan, esperando desafiar a força soviética em uma área onde as estradas ruins restringiriam o tamanho das forças que podiam ser empregadas. Depois de um retrocesso inicial, entretanto, o comando das forças soviéticas foi dado ao Comandante de Corpo (Komkor) G. K. Zhukov, um dos discípulos mais brilhantes de Tukhachevsky. Sem ser descoberto pelos japoneses, Zhukov reuniu 57.000 homens, 498 tanques, e 385 carros blindados, organizados em três divisões de fuzileiros, duas brigadas de tanques, três brigadas de carros blindados, uma brigada de metralhadoras e uma brigada aerotransportada. Às 05:45 horas de domingo, 20 de agosto de 1939, ele atacou. Uma divisão territorial recentemente mobilizada atolou-se em frente às defesas japonesas, mas, ao mesmo tempo, as forças móveis soviéticas moveram-se ao redor de ambos os flancos e cercaram a maior parte das tropas japonesas. Uma tentativa japonesa de romper o cerco falhou no dia 27 de agosto. Em 15 de setembro os japoneses assinaram um acordo em Moscou, para terminar a guerra não declarada. A breve operação custou aos soviéticos 7.974 mostos e 15.251 feridos e aos japoneses 61.000 mortos, feridos ou aprisionados.

Khalkhin-Gol teve dois resultados importantes. Primeiro, o governo japonês decidiu que tinha subestimado seriamente os soviéticos e Tóquio partiu para outros locais, em busca de esferas de influência. Isto, no final das contas, contribuiu para o conflito com os Estados Unidos, mas também deu segurança à porta dos fundos dos soviéticos por toda a Segunda Guerra, pois o Japão absteve-se de se unir ao ataque de Hitler contra a União Soviética. Em segundo lugar, Zhukhov começou sua ascensão meteórica, levando junto com ele muitos dos seus subordinados, que mais tarde se tornaram preeminentes comandantes na guerra. Por exemplo, o chefe do estado-maior de Zhukov em Khalkhin-Gol, S.I. Bogdanov, posteriormente comandou o 2º Exército de Tanques de Guardas, uma das formações mecanizadas de elite que derrotaram a Alemanha.

Khalkhin-Gol demonstrou a viabilidade da teoria e estrutura de forças soviética, mas foi apenas um ponto brilhante em um quadro geral desolador. Uma semana depois da vitória de Zhukov, o exército alemão invadiu a Polônia, começando a campanha que levaria a Alemanha e a União Soviética em contato direto e ao conflito na Europa Oriental. O Exército Vermelho estava lamentavelmente despreparado para o desafio.



Hmmm...interessante né?? Volto a falar...o Japão estava ocupado guerreando contra os EUA e com a China...se eles fossem brigar com a URSS...teria acontecido a mesma coisa que aconteceu com a Alemanha...abrir vários fronts...lutar até cansar...cair de 4 e sentir o ''castigo''...


Última edição por |GFW|.Wurger em Ter Jun 02, 2009 5:19 pm, editado 1 vez(es)

_________________
avatar
|GFW|.Wurger
Administrador GFW Clan
Administrador GFW Clan

Número de Mensagens : 406
Data de inscrição : 04/11/2008
Idade : 27
Localização : Bavaria

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Discussão: participação do Japão na guerra

Mensagem por |GFW|.Wurger em Ter Jun 02, 2009 3:25 pm

Seria certamente muito mais inteligente atacar a Rússia, próxima do grosso das tropas na Manchúria, já debilitada e com recursos estratégicos muito mais interessantes para o Império Nipônico. Mesmo que o Japão bombardeasse os hangares, depósitos de combustíveis e blablablá...teriam que invadir as ilhas a pé, e com as mesmas lotadas de um aparato terrestre americano muito superior, acho completamente improvável que fossem capazes de ocupá-las.
Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing

APARATO TERRESTRE AMERICANO MUITO SUPERIOR??

Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing

Pra isso que serve reforço naval/aéreo... oras...

Os franceses também tinham ''aparato terrestre muito superior''...vide a linha Maginot...

''- Ah, Fritz, vamos dar a volta pela Bélgica...
- Ótima idéia Hans...bora lá !!!''

Caro amiguinho. Veja a seguir a comparação, durante a época de Pearl Harbour:

Navio mais poderoso, japones e americano:

Classe Yamato:


Classe Colorado:


Submarino mais sotisficado, japones e americano:
USS Nautilus


I400 Sen Toku



Caça padrão, japones e americano:

A6M2 Zero


F4 Wildcat


De fato, tecnologia é o que não falta... Very Happy

''Tomaram sim as Filipinas, do outro lado do Oceano Pacífico, pendendo para uma proximidade japonesa muito maior, tomaram Wake ocupada por uma guarniçãozinha furreca americana, mas no chão os japoneses eram completamente inferiores ao exército de elite americano.''

De fato...NÃO !

O exército japones era altamente eficiente no começo da guerra. Eles eram eficazes... ou você acha que eles tomaram as Filipinas a toa?? Conquistaram Corregidor ''numa boa'' ?? Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing
Tomaram a Manchúria, China e a cia.asiática numa boa ??
Acorda rapaz...o exército japones virou saco de pancada a partir de 1944...quando a guerra já havia sido decidida a favor dos aliados...aí sim, o exército japones virou uma porcaria legítima... já o exército alemão não...esse sim sempre foi bom. O que fudeu o Japão e a Alemanha foram seus superiores filhos de uma puta !!!


Bom....vou parar por aqui...estou ficando empolgado com essa discussão...
Um beijão e um abraço bem apertado pra ti, Judeu...xD

_________________
avatar
|GFW|.Wurger
Administrador GFW Clan
Administrador GFW Clan

Número de Mensagens : 406
Data de inscrição : 04/11/2008
Idade : 27
Localização : Bavaria

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Discussão: participação do Japão na guerra

Mensagem por |GFW|.VINGANÇA JUDAICA em Qua Jun 03, 2009 1:40 am

Cara...quem teve vontade de vomitar fui eu tendo que ver outras formas de comparações estapafúrdias suas intergaláticas misturando a invasão do Japão com Israel ( HOLLY SHIT!!!). Amigo...se você for mencionar a dita ''invasão'' israelense na Palestina, esse é um assunto que vai demorar pelo menos algumas páginas à mais de discussão pois é um assunto de uma complexidade absurda. Eu que estudei em escola israelita, fui pra Israel e fui praticamente ensinado sobre esse assunto tenho uma boa coletânea de argumentos prÓ-Israel que vão fazer você repensar sobre o sensacionalismo midiático que faz a sua cabeça dizendo que Israel é comedor de criancinhas e malvado invasor de terras palestinas. E há pouco tempo eu ouvindo isso logo de alguém irritado com a manipulação midiática Jimmy!!! O ataque israelense ao Líbano ocorreu porque antes o Hezbollah violou a integridade territorial israelense, atacou civis, soldados e sequestrou alguns, segundo a Carta da ONU foi legítima defesa, PONTO! Esse banho de sangue agora no início do ano com o bombardeio maciço de Gaza, procure pesquisar quem deu o primeiro tiro também.

Quanto ao Império Nipônico, não preciso nem dizer muito. O Japão tinha seu território consolidado, assim como a China, não sofreu nenhum ataque ou violação de seu espaço soberano ou forças militares e mesmo assim atacou um país reconhecido pela Liga das Nações. Foi um ato de agressão totalmente gratuita sob a justificativa totalmente armada do ataque à uma ferrovia utilizada pelo exército em território que sequer era japonês rsrsrs...
E aí começou a justificativa para o GENOCÍDIO: um número inexato de 3.000.000 a 10.000.000 de chineses, filipinos, coreanos, indochineses, prisioneiros de guerra ocidentais e a lista vai seguindo.
Você quer mais alguns exemplos além do Massacre de Nanquin??? Massacre de Manila ( Filipinas ), 100.000 mortos....massacre de Sook Ching(35.000), Changjao. No último civis chineses de Cingapura foram levados todos com suas famílias para as praias e sumariamente ANIQUILADOS. Ahhh Jimmy...me esqueci que você também não deve ter ouvido falar da infame polícia secreta japonesa ao estilo gestapo, os Kempeitai, que confiscaram e abusaram do próprio povo japonês na guerra.

Ops...só um minutinho, você já ouviu falar da Unidade 731 do exército japonês???? http://pt.wikipedia.org/wiki/Unidade_731

Alguma similaridade com o exército nazista??? TODA!!! Pra dizer a verdade, não sei quem era pior...milicos samurais japoneses, nazistas alemães, comunistas chineses ou os soviéticos. Sabe porque??? PORQUE SÃO TODOS UMA CAMBADA DE FILHOS DAS PUTAS!!! HAHAHAHAHAHAA
E meu amigo...se os soviéticos não pagaram pelos seus crimes, ou até os adeptos do Mao Tsé Tung ( o maior genocida da história ), eu realmente lamento muito e saio da aula do professor que idolatrar um canalha desses, como já fiz uma vez. Porque existe uma pequenina coisa chamada MORAL, e não é pensando que todo mundo faz isso, que devemos achar isso normal. Fosse assim você nem deveria odiar o Lula por ele ser ladrão, pois quase todos nossos presidentes atrás deles também não eram limpos, mas nem por isso nos deixamos levar pela laia petista né Jimmy???

Seu conformismo em excesso é absurdo. Fosse assim nem sequer deveríamos ligar para o Holocausto, genocídios outros que ocorreram em Ruanda, Bósnia, o sangrento Holodomor e etc. E o pior de tudo é relacionar Iraque atual, Israel e palestinos, Hiroshima ( falarei disso ) com o genocídio indiscutível que os japoneses cometeram, tacar num mesmo saco e dizer: ''bem, foda-se! o mundo é assim, pra que mudá-lo né???''

Ética e moral existem sim, o mundo demorará muito tempo para aperfeiçoá-las à um nível perfeito, talvez isso não aconteça tão facilmente mas pode-se perceber que ele vai progredindo aos poucos. Você que estuda Direito deveria dar mais atenção à questão da ética no cenário internacional, pois o mundo de hoje é bem diferente do de 70 anos atrás. Até Israel e EUA não escapam de resoluções e condenações na ONU. No direito internacional, quando vc vir a estudar, encontrará algo bastante frustrante que é a ausência de coercibilidade. De fato o que fazer quando no direito internacional não há policiais sob uma bandeira supra-nacional capazes de prender tiranicos governantes de Estado??? Talvez tentando procurar essa ausência de coercibilidade imediata, você esteja procurando a resposta da maneira errada. O direito internacional talvez sofra dificuldades de se mostrar presente até mesmo contra ''rogue states'' africanos como o Sudão, mas só o reconhecimento pela comunidade internacional e estigmatização do ator pelo ato ilícito já causa um dano e tanto. Exemplo ótimo foi a invasão maluca lá do George Bush ao Iraque sem aval da ONU. O qq aconteceu??? Perdeu o apoio chave de vizinhos europeus, asiáticos e árabes na luta contra o terror, se tornou impopular lá fora e cada vez mais dentro de casa, no final saiu da Casa Branca quase que levando chutes no traseiro pelo povo americano.

Quanto ao ataque de Hiroshima e Nagasaki, eu já ouvi falar de um ditado terrível, mas igualmente realista: ''Guerra é guerra, quem comece que aguente, quem não aguenta, bebe leite''. Enfim, não sou a favor desse ditado, maaas...quem começou a guerra??? Japão os EUA??? Era evidente para os americanos que não utilizando a bomba atômica, teriam que enfrentar uma resistência em território nipônico que equivaleria à mil inferninhos de Iwo Jima??? Sim...e você quer saber a constatação mais irônica de todas? Não tenho dúvida alguma, que se a invasão do Japão tivesse sido levada a cabo, MUITOS, MAS MUITOS mais japoneses inocentes teriam morrido. Ou seja, de maneira bizarra e irônica, a bomba atômica salvou vidas. E continuou salvando mais vidas enquanto as décadas se passaram, pois foram os instrumentos mais realistas de constatação de que a guerra entre super-potências seria uma loucura, a hecatombe mundial.

Certamente na guerra não há santos e vilões, talvez uns menos perversos que os outros ( nesse caso Japão, Alemanha e URSS estavam no topo dessa escala )...mas enquanto alguns vilões possam ser julgados, punidos e execrados pela Humanidade, estarei confortável em saber que a civilização caminha em passinhos curtos, mas pra frente em busca do avanço. Nurembergue e o Tribunal de Tóquio iriam levar esse malditos para seus devidos lugares na Justiça, e dessa vez ela acertou direitinho.
Japão santinho???? Desfrute esse site!!! http://pt.wikipedia.org/wiki/Crimes_de_guerra_do_Jap%C3%A3o_Imperial

Opa!!! Não se esqueça de ver a parte do texto que fala sobre as ''mulheres de conforto''...realmente dá vontade de vomitar em saber que os japoneses cometeram estupros em massa, atropelamentos dos direitos humanos e etc. Infelizmente o Japão não foi maduro o suficiente como a Alemanha de admitir os erros do passado e tentar revertê-los, se redimir por eles...ao contrário, age sob uma égide moral com seus prós e contras, um dos contras seria a arrogância em demasia. E mesmo admirando demais a capacidade de trabalho, determinação, superação e a tradição milenar de vida japonesa, confesso que me deixa triste ver que os japoneses não foram capazes de seguir o rumo dos alemães por completo.
avatar
|GFW|.VINGANÇA JUDAICA
Moderadores
Moderadores

Número de Mensagens : 100
Data de inscrição : 04/04/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Discussão: participação do Japão na guerra

Mensagem por |GFW|.VINGANÇA JUDAICA em Qua Jun 03, 2009 2:05 am

Ah...falando em termos militares agora, temo que não terei tempo...fiquei perdendo muito tempo com esse texto haueuaueuauahahaha...
Mas até gostei do texto que você me mandou sobre a humilhante derrota japonesa contra a....(como??? é possível???) RÚSSIA!!!

Logo a porra da URSS!!! Que usava seus soldados como peões desprezíveis, com táticas iniciais de guerra selvagens e que está comprovado que seus soldados, apesar de bravíssimos, passavam fome e eram muito mal armados!!!

Se o Japão perde de soldados maltrapilhas soviéticos como pode pensar em ganhar uma guerra contra unidades de elite como os Marines??? Pelo amor de Deus Jimmy, superioridade terrestre americana SIM!!!
E O JAPÃO NÃO COMEÇOU A PERDER PORRA DE GUERRA NENHUMA EM 44 CACETE!!! HAHAHAHAHAHAHAHAA QUE COISA HORRÍVEL DE SE LER HAHAHAHAHA

Já em Midway a capacidade ofensiva japonesa foi aniquilada com a destruição de seus melhores porta-avioes e morte de seus melhores pilotos, os sonhos de retomar o Havaí foram pro espaço! Seguido a isso, os japoneses perdem em Guadalcanal, Tarawa, Ilhas de Santa Cruz e etc. Na derrota de Midway, as chances de vitória dos japoneses afundaram num oceano infinito.
avatar
|GFW|.VINGANÇA JUDAICA
Moderadores
Moderadores

Número de Mensagens : 100
Data de inscrição : 04/04/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Discussão: participação do Japão na guerra

Mensagem por |GFW|.Wurger em Qua Jun 03, 2009 8:21 am

Hahahahahahaa....essa discussão está legal pra caramba...ainda vamos ter altos papos... =D

Não posso postar muito que eu tó na facu agora....

mais tarde respondo vc....

bom, o Japão está tentando ser amigo da China...claro que eles podiam fazer mais né?
Mas passo a passo, ele está buscando conciliar com quem eles foram crueis no passado...


Por mais que você julgue, e por mais que eu relute, e vice-versa...sempre teremos opiniões diferentes....biba


''Se o Japão perde de soldados maltrapilhas soviéticos como pode pensar em ganhar uma guerra contra unidades de elite como os Marines??? Pelo amor de Deus Jimmy, superioridade terrestre americana SIM!!!
E O JAPÃO NÃO COMEÇOU A PERDER PORRA DE GUERRA NENHUMA EM 44 CACETE!!! HAHAHAHAHAHAHAHAA QUE COISA HORRÍVEL DE SE LER HAHAHAHAHA''

Não é isso Rafa, eu me refiria a qualidade do exército. Ou seja, as defesas de Tarawa, Guadalcanal e etc...foram muito mais eficientes que as defesas de Iwo Jima, por exemplo. Entendeu ??
Só que...em Midway por exemplo, não haviam os Marines...e se eles tivessem empregado corretamente os porta-aviões e a frota naval, teriam dominado Midway e teriam facilitado a expansão japonesa...e seria possivel executar um segundo ataque a Pearl Harbour, obrigando a força americana a recuar pro continente. Mas não souberam fazer isso...aí os americanos tomaram Guadalcanal, Tarawa...e não parou mais...até Okinawa...então é isso....arquipélagos e ilhas são pontos estratégicos importantes...o Japão não ia sofrer perdas pra caralho....
E em consequencia...teriam uma guerra muto mais disputada.

''Já em Midway a capacidade ofensiva japonesa foi aniquilada com a destruição de seus melhores porta-avioes e morte de seus melhores pilotos, os sonhos de retomar o Havaí foram pro espaço! Seguido a isso, os japoneses perdem em Guadalcanal, Tarawa, Ilhas de Santa Cruz e etc. Na derrota de Midway, as chances de vitória dos japoneses afundaram num oceano infinito.''

Não é bem por aí...em Santa Cruz, os japoneses afundaram o Hornet, Intrepid e quase deram cabo no Enterprise...
Saca??
O problema, é que os EUA começaram a fabricar mais...mais...mais

E assim, porta aviões zero bala saiam dos estaleiros...enquanto o Japão não investia nesses recursos. Foda né ??
E sem falar que quando começaram a conquistar mais ilhas, os marines , força naval, aerea, terreste...ih...começaram a se expandir de forma gigante...
De qualquer maneira, o Japão cometeu muitos erros na guerra...mas você não pode simplesmente desmerecer a marinha e a aeronáutica japonesa...falar que eles eram apenas ''frag''...xD
Eles deram trabalho, e claro...eles podiam ter feito mais...mas sob o comando de loucos e incompetentes...infelizmente...

Julgamento de Nuremberg...foi feito para servir a vontade dos aliados...teve gente que foi condenada injustamente...vide Donitz.


A guerra do Pacifico fez os EUA entrar na guerra...e fez dele a potência mundial que ele é hoje em dia.

Biba...
Me chupe...

_________________
avatar
|GFW|.Wurger
Administrador GFW Clan
Administrador GFW Clan

Número de Mensagens : 406
Data de inscrição : 04/11/2008
Idade : 27
Localização : Bavaria

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Discussão: participação do Japão na guerra

Mensagem por |GFW|.VINGANÇA JUDAICA em Qua Jun 03, 2009 9:10 pm

|GFW|.Wurger escreveu:Hahahahahahaa....essa discussão está legal pra caramba...ainda vamos ter altos papos... =D

Não é bem por aí...em Santa Cruz, os japoneses afundaram o Hornet, Intrepid e quase deram cabo no Enterprise...
Saca??
O problema, é que os EUA começaram a fabricar mais...mais...mais

E assim, porta aviões zero bala saiam dos estaleiros...enquanto o Japão não investia nesses recursos. Foda né ??
E sem falar que quando começaram a conquistar mais ilhas, os marines , força naval, aerea, terreste...ih...começaram a se expandir de forma gigante...
De qualquer maneira, o Japão cometeu muitos erros na guerra...mas você não pode simplesmente desmerecer a marinha e a aeronáutica japonesa...falar que eles eram apenas ''frag''...xD
Eles deram trabalho, e claro...eles podiam ter feito mais...mas sob o comando de loucos e incompetentes...infelizmente...


OOOPA!!! Alguém fez a lição de casa enfim!!! HAUEUAUEUAUAUAHA zuando...
Mas a biba tremiliquenta chegou exatamente onde eu queria chegar!!! Não adiantava para os japoneses afundarem Hornet, Enterprise, Intrepid, Malula Olongata, Exterminador do Futuro, hangar de ianques vagabundos, bordéis filipinos, a sede da Playboy, Porta aviões Luís Inacio Lula da Silva...que os americanos continuariam fazendo outros mais!!! Com a produção industria americana, a guerra se tornaria produtiva pois a fonte da construção dos armamentos nunca era atingida, a base da logística estava imune à ataques aéreos e com recursos naturais e humanos colossais. Os russos se assemelhavam aos americanos nesse fator...Rudel destruiu 500 tanques soviéticos, mas os safados construíam 10.000 tanques por dia!!! Vide lembrar que não tem como comparar a linha de tecnologia empregada pelos americanos em relação à ainda nascente industrialização de guerra soviética.

Para a indústria bélica em casa, quanto mais aviões e embarcações os japoneses heróicos samurais e kamikazes destruíssem, maior era o sorriso estalado nas caras dos líderes da General Motors, Exxon e cia pois isso significaria uma necessidade de maior demanda no mercado das armas, da estrutura de guerra, maiores subsídios do governo e consequentemente MORE MONEY!!!

Eu não estou tentando desvalorizar e nunca disse que os combatentes japoneses fossem maricas. Os franceses eram maricas, italianos eram uns bundões falastrões, mas os japoneses lutaram de corpo e alma como a tradição guerreira ocidental já prega, as vezes de maneira tão fanática que os Aliados não podiam nem acreditar. Porém...é aquela coisa...você pode gritar, se espernear, sair fazendo roleta russa e se explodir contra o inimigo, mas sem logística sua derrota já é pré-concebida. O Japão era minúsculo, poucos recursos naturais, uma industrialização e tecnologia admiráveis pela rapidez de seu avanço, porém muito inferior ainda à americana. E quando a guerra começou, os americanos souberam exatamente onde atacar os japoneses: no seu parque industrial de Tóquio. Bombardearam num ataque que muitos consideraram uma operação suicida, mas foi a partir daí que o Japão começou a perder recursos de guerra.

Os pilotos japoneses, principalmente os que participaram das operações em Pearl Harbor, Midway e no Mar de Corais eram vastamente superiores aos americanos. Se cogitou até a possibilidade de serem melhores que os próprios alemães, a força naval era igualmente admirável, com o Yamato sendo o maior encouraçado do mundo. Mas é aquela coisa...você afunda os melhores deles, e o que sobra? Foi nessa que os americanos levaram a melhor, pois seus recursos parecem ser ilimitados numa guerra.
avatar
|GFW|.VINGANÇA JUDAICA
Moderadores
Moderadores

Número de Mensagens : 100
Data de inscrição : 04/04/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Discussão: participação do Japão na guerra

Mensagem por |GFW|.Wurger em Qua Jun 03, 2009 9:17 pm

UHauhsuashaushuahsua....
aprendi a lição sim...
Os japas podiam ter ganho a guerra se fizessem tudo certo....
por que acredito que se eles conquistassem as ilhas do pacifico...eles poderiam bombardear os EUA...
o que achas??
e vou te passar um troço interessante
sobre balões bombas...que voavam no Japão e iam até os EUA....já chegou a matar pessoas

biba..me chupa
=P

_________________
avatar
|GFW|.Wurger
Administrador GFW Clan
Administrador GFW Clan

Número de Mensagens : 406
Data de inscrição : 04/11/2008
Idade : 27
Localização : Bavaria

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Discussão: participação do Japão na guerra

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum